Investigadores

O CLUP conta atualmente com 36 investigadores integrados.

Alexandra Guedes Pinto

Professora Associada da Faculdade de Letras da Universidade do Porto; diretora da licenciatura em Ciências da Linguagem; membro do Conselho Científico do mestrado em Tradução e Serviços Linguísticos e da Comissão de Acompanhamento do doutoramento em Ciências da Linguagem; membro da direção da Unidade I&D Centro de Linguística da Universidade do Porto. Organizadora das Jornadas Internacionais de Análise do Discurso – JADIS (http://web4.letras.up.pt/jadis) e diretora da Revista de Estudos do Discurso – REDIS (http://ojs.letras.up.pt/index.php/re). Membro do grupo de trabalho de publicidade da Sociedade Portuguesa de Comunicação e do Argumentation Hub dos Media Innovation Labs, UP (https://mil.up.pt/). Membro da Associação Portuguesa de Linguística e de redes internacionais de Estudos do Discurso, como a EDISO e a Discourse.net. Autora, coautora e editora de trabalhos na área dos Estudos do Discurso, da Pragmática e da Sociolinguística (https://www.cienciavitae.pt/CB1D-AA66-6572). Investigadora-responsável pelo projeto BIASDISC sobre deteção de bias em sentenças judiciais.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Ana Maria Brito

(Licenciatura em Filologia Românica, 1974, Universidade de Lisboa; Doutoramento em Linguística, 1988, Universidade do Porto; Agregação, 2003, Universidade do Porto). Professora Catedrática desde 2004 até 31 de dezembro de 2021; Professora Catedrática aposentada desde 1 de janeiro de 2021. Na FLUP foi  responsável pelos cursos de Mestrado (2007-2019) e de Doutoramento em Linguística e / ou Ciências da Linguagem (2014-20). É autora de três livros e co-autora de outros, entre eles, a Gramática da Língua Portuguesa, Caminho, Lisboa, 2003; editora de vários livros, de cerca de 140 artigos e capítulos de livros em sintaxe do português, sintaxe comparada, interfaces sintaxe-semântica e sintaxe-morfologia, variação sintática. Os seus interesses fundamentais são a sintaxe do SN, possessivos, complementos e modificadores no SN, orações relativas e interrogativas, construções ditransitivas, nominalizações deverbais, infinitivo nominalizado, construções comparativas e consecutivas. Recentemente tem-se interessado pela morfossintaxe das línguas gestuais, em particular pela LGP (Língua Gestual Portuguesa). 

Foi Presidente da Associação Portuguesa de Linguística de 2008 a 2010. Colabora regularmente com a FCT e com a A3ES; pertence ao comité científico de várias revistas e tem sido convidada para o comité científico de inúmeros congressos em Linguística. Orientou sete teses de Doutoramento (concluídas) e mais de 40 dissertações de Mestrado em Linguística. Foi diretora de Linguística. Revista de Estudos Linguísticos da Universidade do Porto de 2010 a 2020.  

-> E-mail
-> CienciaVitae

Anette Kind

Anette Kind, docente de Alemão e Tradução na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas, Alemão/Português, completou o curso de especialização em Tradução na FLUP, o Mestrado em Estudos Alemães pela Universidade Nova de Lisboa e doutorou-se, pela Universidade do Porto, com uma dissertação sobre as traduções dos romances de Eça de Queirós em língua alemã, publicados pela editora Aufbau da ex-RDA. As suas áreas de investigação são estudos da tradução, didática do Alemão e linguística comparativa. Tem várias publicações sobre análise contrastiva de erros de interferência, e sobre a divulgação da literatura portuguesa pela editora Aufbau. Atualmente coordena o projeto de investigação interuniversitário “Digi-DaF” (desafios, boas práticas e modelos sustentáveis do ensino universitário digital de línguas, durante a pandemia Covid-19 e depois).

-> E-mail
-> E-mail
-> CienciaVitae

Ângela Carvalho

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas (Português/Francês) (2003), especialista em Português Língua Estrangeira (PLE) (2007), mestre em PLE (2009) e doutora em Didática de Línguas (2014) (FLUP). É Professora Auxiliar desde outubro de 2015 na FLUP e, desde 2020, Professora Convidada da Universidade Nacional de Timor Lorosa’e. Coordenou os Exames CAPLE do centro de aplicação FLUP (2017-2021).

Desde 2007 leciona PLE em diversas instituições em Portugal e no estrangeiro e tem colaborado na formação de professores de PLE, na FLUP, em universidades estrangeiras e Coordenações de Ensino de Português do Instituto Camões. Colabora na formação de professores de Português Língua Materna na FLUP e é, desde 2015, membro da Comissão Científica do Mestrado em Ensino de Português no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, sendo membro da Comissão Científica do Mestrado em Ensino de Português Língua Segunda/ Língua Estrangeira desde 2022.

Áreas de investigação: PLE, didática, formação de professores de línguas, ODS e análise do discurso.

-> E-mail
-> CienciaVitae

António Leal

António Leal é professor auxiliar na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde leciona unidades curriculares nos três ciclos de estudos e orienta estudantes de mestrado e doutoramento. Concluiu o doutoramento em Linguística em 2009 na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e o mestrado em 2002 na mesma universidade. A sua área principal de investigação é a semântica formal ao nível da frase e do discurso, trabalhando tópicos como semântica do tempo e aspeto, quantificação, verbos de movimento e preposições e análise de sentimento (tanto na vertente teórica como na aplicada). É autor de vários artigos em revistas nacionais e internacionais, assim como de capítulos de livros. Editou (sozinho ou em equipa) diversos livros. Participa, atualmente, como investigador, em vários projetos financiados pela FCT e é o diretor da revista “Linguística”, editada pela FLUP e pelo CLUP.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Belinda Maia

-> E-mail
-> CienciaVitae

Carlos Rogério Sousa e Silva

Carlos Silva é investigador do Centro de Linguística da Universidade do Porto. As suas áreas de atuação são a tipologia fonológica, a linguística histórica e computacional e a fonologia teórica. Em particular, a sua pesquisa debruça-se sobre a inferência de estruturas e mecanismos autossegmentais através do estudo da estabilidade fonológica e universais implicacionais. O seu projeto de doutoramento explora a formação das línguas crioulas para distinguir que segmentos/traços fonológicos são mais (in-/)estáveis e o que motiva o seu comportamento, especialmente no que diz respeito às consoantes palatais.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Catarina Vaz

Catarina Vaz (Warrot) é investigadora com contrato na Universidade do Porto – Centre de Linguística (CLUP). Possui um pós-doutoramento em linguística, especialidade análise do discurso e tradução (Universidade do Porto – CLUP) e é doutorada em Linguística, especialidade análise do discurso (universidade Paris VIII – França em co-tutela com a Universidade Nova de Lisboa – Portugal). Tem participado em projetos relativos ao «bias» e à discriminação de género no discurso jurídico, é orientadora de estágio em M2, PLE, na Universidade do Porto. Os seus principais temas de investigação são: estudos em tradutologia, ensino de PLE e PLA (Português Língua de Acolhimento); análise do discurso, «bias» e discriminação de géneros em textos jurídicos.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Clara Amorim

Clara Amorim é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Português/Inglês pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. É Mestre em Linguística Geral pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e doutora em Linguística pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. É investigadora do Centro de Linguística da Universidade do Porto, sendo as suas áreas de interesse a aquisição da fonologia do português como língua materna e não materna e suas implicações didáticas. uas áreas de interesse são a aquisição da fonologia e a análise das suas implicações na ortografia. No seu projeto de Doutoramento, estuda a aquisição do sistema vocálico no Português Europeu, relações entre aquisição fonológica e desenvolvimento ortográfico Atualmente é professora adjunta convidada na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Clara Barros

Prof. Auxiliar da FLUP. Doutorada em Linguística – tese intitulada Versões Portuguesas da Legislação de Afonso X – Estudo Linguístico-discursivo (publicada pela UPorto em 2010). Membro do CLUP desde 1986, na linha de investigação História da Língua e Historiografia Linguística desde 2012. A área principal de investigação é a Linguística Histórica, particularmente dedicada aos textos-discursos em português e à evolução que testemunham, tendo publicado trabalhos de História da Língua Portuguesa sobretudo do período medieval, no âmbito da Pragmática Histórica e do modelo das Tradições Discursivas, e da História das Formas Textuais. Desde 2008 é colaboradora do CELGA, Unidade de I&D da Universidade de Coimbra, na linha História da Língua Portuguesa e História da Consciência Linguística; e desde 2010, colaboradora do CITCEM, Unidade de I&D da FLUP, no Grupo Representações Locais e Globais.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Douglas de Oliveira Cardoso

Licenciado em Ciência da Computação (2008), mestre e doutor em Engenharia de Sistemas e Computação (2012 e 2017, respetivamente), todos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, no Brasil. Anteriormente professor estável do CEFET-RJ e investigador do Ci2-IPT, é atualmente investigador do CLUP. É autor de dezenas artigos revisados por pares publicados em eventos e revistas científicas internacionais. Já orientou teses de doutoramento e mestrado, assim como projetos finais de licenciatura. De forma ampla, tem como temas de interesse Aprendizagem de Máquina, Ciência de Dados, e Redes Complexas.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Elena Galvão

-> E-mail
-> CienciaVitae

Fátima Oliveira

Fátima Oliveira é Professora Catedrática jubilada da FLUP desde maio de 2021 (Licenciatura em Filologia Românica, 1974, Universidade de Lisboa; Doutoramento em Linguística Portuguesa, 1988, Universidade do Porto; Agregação em Linguística, 2004, Universidade do Porto). Foi diretora do curso de Licenciatura em Ciências da Linguagem (2007-2019) e também do Programa de Mestrado (2019-2021), diretora do Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos (2012-2014) e membro eleito do Conselho Geral da Universidade (2013-2017). Foi também coordenadora científica do CLUP (2005-2008) e membro do conselho diretivo (1998-2004). 

Como investigadora do CLUP, onde coordena o grupo de semântica, os seus temas de investigação são principalmente em Semântica Formal na frase e no discurso, por vezes em interface com Sintaxe ou Pragmática. Os seus interesses fundamentais têm sido em vários tópicos, especialmente em português, mas também em comparação com outras línguas: tempo, aspeto e modalidade na frase e no discurso, questões de genericidade e quantificação nominal, em particular semântica de indefinidos, predicados complexos (nominalizações e verbos leves), construções estativas e resultativas e, mais recentemente, sobre verbos de movimento e preposições e definidos fracos. Ultimamente, interessa-se também pela comparação do português com línguas tipologicamente diferentes, marcadores discursivos e questões lexicais associadas a aplicações em processamento de linguagem natural e análise de sentimento. Participou ou coordenou vários projetos de investigação. Orientou 20 teses de doutoramento (16 concluídas) e 40 dissertações de mestrado (concluídas). Desde 1998, colaborou com a FCT em vários painéis de avaliação. É membro do conselho científico de várias revistas de Linguística e de muitas comissões científicas de congressos e outros eventos científicos de Linguística.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Fátima Silva

-> E-mail
-> CienciaVitae

Françoise Bacquelaine

Françoise Bacquelaine é Professora Auxiliar na Faculdade de Letras e investigadora do Centro de Linguística da Universidade do Porto, onde tem desenvolvido a sua investigação, baseada em corpora, na área da Tradução humana e automática, Terminologia, Fraseologia e Semântica dos quantificadores universais. É licenciada em Filologia Germânica pela Université de Liège, Mestre em Terminologia e Tradução e doutorada em Ciências da Linguagem – Tradução pela FLUP, onde defendeu a sua tese: “Traduction humaine et traduction automatique du quantificateur universel portugais cada en français et en anglais. Étude de phraséologie comparée”. É autora de vários artigos, coeditora de livros e tradutora/revisora linguística de trabalhos científicos. Desde 2016, é responsável pela versão francesa da enciclopédia digital Ulyssei@s (Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa).

-> E-mail
-> CienciaVitae

Inês Oliveira

Licenciou-se em 2006 em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses Franceses, Ramo Educacional, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Em 2010, concluiu o mestrado em Português Língua Segunda – Língua Estrangeira, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Pela mesma faculdade, em 2015, concluiu o doutoramento em Linguística, na área da sintaxe, com a tese “Usos Verbais e Nominais do Infinitivo em Português Europeu”. Atualmente, colabora com a Escola Superior de Educação do Politécnico do Porto, como professora adjunta convidada. As suas principais áreas de investigação centram-se na sintaxe, na linguística histórica, linguística aplicada e ensino de línguas.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Isabel Margarida Duarte

Professora Catedrática de Linguística, Agregação em Linguística (2021), Doutoramento em Linguística (2000), Mestrado em Ensino da Língua Portuguesa (1990) e Licenciatura em Filologia Românica (1977) sempre pela Universidade do Porto. Áreas de investigação: Pragmática e análise do discurso (relato de discurso, marcadores discursivos, discurso oral informal); estudos contrastivos entre línguas românicas e aplicação da Linguística ao ensino do Português (língua materna e não materna). Faz parte do grupo TEXTDISC. É autora de mais de 180 publicações. Orientou 15 teses de doutoramento e 120 teses de mestrado. Diretora do Mestrado em Português Língua Segunda / Língua Estrangeira. Membro do Conselho Científico, Vice-Presidente do Conselho de representantes e Coordenadora local Erasmus da FLUP.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Isabel Galhano Rodrigues

Doutorada em Linguística pela FLUP, onde é professora auxiliar. É investigadora do CLUP e colaboradora no ICNOVA. Os primeiros interesses de pesquisa foram os elementos linguísticos da oralidade e a análise da conversação. No doutoramento investigou a multimodalidade na interação face a face, focando a relação entre as unidades cinésicas coverbais, a prosódia e os enunciados verbais em eventos comunicativos do PE. A sua dissertação, O corpo e a fala, publicada em 2007, documenta a receção dos Estudos do Gesto em Portugal. Seguindo abordagens etnográficas e cognitivas das modalidades corporais e orais da interação, publicou estudos sobre diversos tópicos como espaço gestual e configurações de gestos, gestos na interpretação de conferência, gestos de listagens, deixis multimodal, gestos caseiros executados por surdos com implantes cocleares e gestos coverbais executados com os pés.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Isabel Sebastião

-> E-mail
-> CienciaVitae

Joana Guimarães

-> E-mail
-> CienciaVitae

João Veloso

Doutor (2004) e agregado (2010) em Linguística pela Universidade do Porto. Nesta mesma Universidade, é professor associado da Faculdade de Letras. A sua principal área de investigação é a fonologia. Tem publicado e dirigido trabalhos sobre estruturas segmentais e prosódicas do português e variação fonológica. Parte do seu trabalho abrange ainda a consciência metafonológica na sua relação com a aprendizagem da leitura e da escrita, as relações entre fonologia e ortografia, a tipologia linguística e as interfaces fonética/fonologia, fonologia/morfologia e fonologia/léxico, assim como as aplicações da fonética e da fonologia ao ensino de línguas, em especial ao ensino do português como língua não materna. Mais recentemente, tem desenvolvido trabalho sobre a aplicação da Teoria dos Elementos à descrição do vocalismo do português, as relações entre peso silábico e acento de palavra e os correlatos fonético-fonológicos do acento rítmico em português.

-> E-mail
-> CienciaVitae

José António Costa

-> E-mail
-> CienciaVitae

Juliana Novo Gomes

Luís Filipe Cunha

Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, Estudos Portugueses, pela FLUP (1994), onde concluiu, em 1998, o Mestrado em Linguística Portuguesa Descritiva e, em 2004, o doutoramento em Linguística, com a dissertação Semântica das Predicações Estativas: para uma Caracterização Aspectual dos Estados. Integra o CLUP desde 1997, desenvolvendo investigação na área da semântica, com ênfase em questões de tempo e de aspeto. Beneficiou de duas bolsas de pós-doutoramento concedidas pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (2005 – 2011 e 2014 – 2019). Desde maio de 2019 é investigador auxiliar na FLUP, onde também leciona seminários no âmbito do Mestrado em Linguística. Atualmente a sua investigação está sobretudo direcionada para questões relativas à expressão do futuro, encontrando-se igualmente a desenvolver um projeto para a adaptação do sistema Braille à formalização semântica.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Luís Trigo

-> E-mail
-> CienciaVitae

Margarita Dimitrova

-> E-mail
-> CienciaVitae

Maria da Graça Pinto

Maria da Graça Lisboa Castro Pinto, Professora Catedrática jubilada da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP) desde 30-12-2020 e Emérita desde 22-3-2021, obteve o grau de doutor em Linguística Aplicada (Psicolinguística e Neurolinguística) em 1984 e o título de Agregado em 1989, ambos pela FLUP. Recebeu o prémio Gulbenkian de Ciência em 1986. Exerceu vários cargos na International Society of Applied Linguistics, de Secretário Geral a Presidente, sendo atualmente Membro Honorário. Criou a Editora da Universidade do Porto (UP) quando exerceu o cargo de vice-reitora na UP, a revista Linguarum Arena. Revista de Estudos em Didática de Línguas da UP quando foi Diretora do Doutoramento em Didática de Línguas e o Programa de Estudos Universitários para Seniores da UP em 2006. Publicou livros, capítulos de livros e artigos em Portugal e no estrangeiro nas suas áreas de interesse.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Marta Pazos Anido

Marta Pazos Anido é doutora em Ciências da Linguagem (Didática das Línguas) pela Universidade do Porto, mestre em Ensino de Espanhol como Língua Estrangeira pelo Instituto Cervantes e a Universidade Internacional Menéndez Pelayo e licenciada em Tradução e Interpretação pela Universidade de Granada. Entre 2007 e 2009 trabalhou em Cursos Internacionais da Universidade de Santiago de Compostela como professora de língua e cultura espanhola para estrangeiros. Desde 2009 é professora, formadora de professores e supervisora de professores em formação inicial na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, na área do Espanhol Língua Estrangeira (ELE). As suas áreas de pesquisa estão relacionadas com a formação de professores de línguas estrangeiras e a didática de ELE.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Purificação Silvano

Purificação Silvano é Professora Auxiliar na Faculdade de Letras da Universidade do Porto e investigadora no Centro de Linguística da Universidade do Porto. Leciona várias disciplinas de Linguística em cursos de licenciatura, de mestrado em Linguística, em Tradução e Serviços Linguísticos e em Ensino de Português, e de doutoramento em Ciências da Linguagem. A sua principal área de investigação é a semântica, com enfoque em questões de tempo, de aspeto e de relações retóricas em frases complexas e em texto. Tem ainda trabalho em análise de sentimento e em anotação semântica de corpora. Na área da linguística educacional, tem publicações sobre metodologias de ensino da gramática. Tem participado em projetos de investigação em semântica e em interface com ciências da computação. É autora de vários capítulos de livros e artigos em revistas nacionais e internacionais e coeditora de livros.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Rogelio Ponce de León

Licenciado em Filologia Clássica na Universidad Complutense de Madrid (1991) e doutor em Filologia na mesma Universidade. Desde 1994, leciona, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (como Leitor [1994-2001], como Professor Auxiliar [2001-2014] e como Professor Associado [2014-]), nas áreas de didática do espanhol como língua estrangeira, tradução espanhol-português, linguística espanhola e historiografia gramatical. É autor de dezenas de estudos sobre historiografia linguística na Península Ibérica, história do ensino do espanhol em Portugal e do português em Espanha, didática do espanhol como língua estrangeira e linguística contrastiva português-espanhol.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Rui Sousa-Silva

Professor auxiliar da Faculdade de Letras e investigador do Centro de Linguística (CLUP) da Universidade do Porto, onde tem desenvolvido a sua investigação em Linguística Forense, nomeadamente em análise de autoria, análise e deteção de plágio e cibercrime. É licenciado em Tradução e Mestre em Tradução e Terminologia pela FLUP e doutorado em Linguística Aplicada pela Aston University (Birmingham, UK), onde defendeu a sua tese. É autor e coautor de dezenas de artigos em publicações nacionais e internacionais, coeditor da revista internacional bilingue Language and Law/Linguagem e Direito e da 2ª edição do “The Routledge Handbook of Forensic Linguistics”, publicado pela Routledge (2021). É coordenador do grupo de trabalho de Linguística Computacional da Ação COST LITHME – Language in the Human-Machine Era e Presidente da Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Ciências Forenses.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Simone Auf der Maur Tomé

Simone Auf der Maur, Professora Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP) e investigadora do Centro de Linguística da Universidade do Porto (CLUP), é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade de Zurique (Suíça) e doutorada em Ensino de Línguas pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, com uma tese sobre a competência textual de textos especializados em língua estrangeira. Lecciona Comunicação Intercultural e Didática do Alemão como Língua Estrangeira, dá formação a professores e supervisiona os estágiários de Alemão no seu estágio pedagógico do Mestrado em Ensino da FLUP. Também auxilia os estagiários na redação dos seus relatórios finais de estágio. As suas áreas de investigação relacionam-se com o Ensino do Alemão como Língua Estrangeira e a Comunicação Intercultural.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Sónia Duarte

Professora de Espanhol nos ensinos básico e secundário. Desenvolve a sua investigação nos campos da Historiografia Linguística (com particular destaque para a gramaticografia luso-espanhola) e da Didática do Espanhol (LE). Licenciou-se, na Universidade do Porto, em Línguas e Literaturas Modernas – Estudos Portugueses e Ingleses (1995) e em Línguas e Literaturas Modernas – Estudos Portugueses e Espanhóis (2002). É mestre em Estudos Ibéricos (2008), pela Universidade de Évora, e doutorou-se em Filología Hispánica e Clásica (2018), na Universidad de León, com a tese La lengua y la gramaticografía españolas en la tradición portuguesa – gramáticas y ortografías (siglos XVI a XIX).

-> E-mail
-> CienciaVitae

Sónia Valente Rodrigues

Sónia Valente Rodrigues é Professora Auxiliar na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (Portugal) e investigadora no Centro de Linguística da Universidade do Porto (CLUP). Como investigadora, o seu trabalho está centrado na Didática do Português L1, na Linguística de Texto e na Análise do Discurso (interações verbais polémicas). É autora de publicações e de apresentações orais em diversos contextos académicos nacionais e internacionais. Leciona diversas disciplinas em cursos de formação de professores na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Tem colaborado com o Ministério da Educação tendo integrado as equipas de trabalho que produziram o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, as Aprendizagens Essenciais e o relatório Apoio ao Desenvolvimento das Aprendizagens e ao Desenvolvimento Socio-emocional e do Bem-Estar durante e pós-Pandemia.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Thomas Hüsgen

Membro do Conselho Científico da FLUP é responsável entre outros, desde 2015, pelo curso de Mestrado Europeu em Tradução e Serviços Linguísticos. É autor de um livro no domínio da crítica de tradução literária Vom getreuen Boten zum nachdichterischen Autor. Übersetzungskritische Analyse von Fernando Pessoas Livro do Desassossego in deutscher Sprache, 2005, Peter Lang, e também de vários capítulos de livros e artigos em revistas nacionais e internacionais nas suas principais áreas de investigação: Teoria da Tradução, Linguagem e Texto de Especialidade e Crítica de Tradução Literária.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Vanessa Anachoreta

Vanessa Gomes Teixeira Anachoreta é doutora em Ciências da Linguagem pela Faculdade de Letras da Universidade de Porto; mestre em Linguística pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro; especialista em Português como língua não materna pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa; bacharel e licenciada em Letras: Português-Literaturas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente, é investigadora do Centro de Linguística da Universidade do Porto e professora assistente convidada da Faculdade de Letras da Universidade de Porto. Desenvolve pesquisas nas áreas de Historiografia Linguística e História das Ideias Linguísticas com ênfase nos seguintes temas: Ensino de português para surdos, Processo de gramatização das línguas e Ensino de Português como língua não materna.

-> E-mail
-> CienciaVitae