Colaboradores

O CLUP conta atualmente com 23 colaboradores.

Afonso Novaes Menezes

Sou graduado em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) com licenciatura em Letras-Português e bacharelado em Crítica literária. Sou mestre em Teoria da Literatura por essa mesma instituição e Doutor em Ciências da Linguagem pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde desenvolvi uma tese em Linguística histórica através da análise de cartas produzidas por moradores de uma cidade do interior do Nordeste do Brasil. Leciono desde 1992 e sou professor Associado 1 da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) , onde atuo, desde 2004, no colegiado de Psicologia, nas disciplinas de Elaboração de textos científicos e Tópicos em Linguística, e oferto disciplinas optativas nas áreas de Aquisição da linguagem, Análise do discurso e Semiótica. Desenvolvi pesquisa nas áreas de Semiótica e consumo, Uso de gramática em salas de aula, Análise de discurso de moradores de rua, Análise de discurso de menores infratores sob o viés da Psicanálise lacaniana e de Linguística saussiriana e Psicanálise. Atualmente sou membro do Centro de Linguística da Universidade do Porto.

-> E-mail

Anabela Gonçalves

Anabela Gonçalves é professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, membro integrado do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa e colaboradora do Centro de Linguística da Universidade do Porto. Na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, realizou o mestrado em Linguística Portuguesa Descritiva: Sintaxe/Semântica (1992), com uma dissertação sobre a sintaxe dos verbos auxiliares do português europeu, e o doutoramento em Letras (2000), tendo analisado predicados complexos em português europeu; fez Agregação em Linguística Portuguesa (2016) na mesma Universidade. A sua área de investigação central é a Sintaxe, numa perspetiva teórica e comparada. Em colaboração com investigadores de diferentes universidades, tem ainda trabalhado nas áreas da aquisição da sintaxe, da interface sintaxe-semântica, da linguística clínica, da linguística educacional e da tradução. É Editora Associada do Journal of Portuguese Linguistics.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Andreea Teletin

-> E-mail

Ângela Lopes

Ângela Filipe Lopes é doutorada em Ciências da Linguagem – Didática de Línguas pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. A sua área de investigação é o continuum leitura-escrita em português L2, numa perspetiva psicolinguística aplicada. Ensina português L2 desde 2002. Exerceu as funções de Professora Auxiliar Convidada na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP) entre janeiro de 2021 e junho e 2022. Lecionou unidades curriculares como Psicolinguística, Linguagem e Cognição, Aquisição da Linguagem ou Psicolinguística e Aprendizagem de Línguas. É membro do Centro de Linguística da Universidade do Porto (CLUP) desde 2015.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Bárbara Azevedo

Licenciada em Ciências da Linguagem (Variante de Linguística) e Mestre em Português Língua Segunda/ Língua Estrangeira pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Realizou estágio curricular, na Facultad de Filología y Letras da Universidad de Extremadura, em Cáceres, Espanha, tendo desenvolvido o tema “Fraseologia e gestos no ensino de Português Língua Estrangeira para hispanofalantes”. Desde que terminou o Mestrado, dedica-se ao Ensino de Português Língua Estrangeira, em diversas escolas, e à elaboração de materiais didáticos nesta mesma área. Frequenta, atualmente, o Doutoramento em Ciências da Linguagem (Linguística) na FLUP, na área de Semântica, fazendo investigação sobre questões de tempo em Português Europeu e em Espanhol Europeu. Tem publicações nos domínios da Semântica e do Ensino de Português Língua Estrangeira.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Celda Gonçalves Morgado

Daliborka Sarić

-> E-mail

Félix do Carmo

-> E-mail

Filomena Viegas

-> E-mail

Gabriela Matos

-> E-mail

Idalina Ferreira

-> E-mail
-> CienciaVitae

Joana Forbes

Formada em Direito (1998) e mestre em Ciências Jurídico-Civilísticas pela Universidade Católica Portuguesa, desde cedo se dedicou em simultâneo ao exercício da advocacia e à docência, iniciando à data no Instituto Superior de Serviço Social do Porto com o módulo Instituições de Direito. Durante 7 anos completou formação profissional internacional em Santiago de Compostela e em Bristol. Desde 2007 tem vindo a prestar colaboração ao escritório de advogados FPM, além de ter iniciado atividade como tradutora jurídica certificada. Em 2012 concluiu mestrado em Tradução e Serviços Linguísticos (FLUP) onde desenvolveu o tema da certificação do tradutor ajuramentado. Presentemente, é assistente convidada na mesma instituição, onde leciona Comunicação Especializada – Tradução Jurídica. Desde 2016 representa o departamento consular da Embaixada Britânica na região norte de Portugal.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Lurdes Ferreira

Maria de Lurdes dos Santos Ferreira nasceu a 13 de setembro de 1970, no Porto. Entre 1971 e 1980, viveu em Rheine, na Alemanha, onde concluiu o 1º Ciclo do Ensino Básico. Licenciou-se, em 1994, em Línguas e Literaturas Modernas – Variante de Estudos Portugueses e Alemães, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Em 2012, concluiu o Mestrado em Linguística na mesma instituição, tendo concluído o ano curricular do Doutoramento em Ciências da Linguagem em 2015. Atualmente é docente do Quadro do Agrupamento de Escolas de Valongo, onde leciona as disciplinas de Português e de Comunicação em Turismo aos alunos do Ensino Secundário. Este ano letivo leciona ainda a Oficina de Português aos alunos do Curso Técnico Superior Profissional – Desporto e Turismo de Natureza da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Maria Aldina Marques

Maria Aldina de Bessa Ferreira Rodrigues Marques é Professora Associada com agregação do Departamento de Estudos Portugueses e Lusófonos, da Escola de Letras, Artes e Ciências Humanas da Universidade do Minho, Portugal. É investigadora integrada do CEHUM, Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho, e colaboradora do Centro de Estudos Linguísticos da Universidade do Porto (CLUP). Doutorada, em 2000, em Ciências da Linguagem, ramo de Linguística Portuguesa, pela universidade do Minho, tem participado, como coordenadora e como membro da equipa, em projetos de investigação nestas áreas, tem orientado trabalhos de mestrado, doutoramento e pós-doutoramento, e tem trabalhos em publicações nacionais e internacionais. As principais áreas de investigação são a análise dos discursos, numa perspetiva linguística, com especial destaque para os discursos políticos, jornalísticos, e os discursos orais.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Maria João Freitas

Maria João Freitas é linguista e investigadora no Centro de Linguística da Universidade de Lisboa. É atualmente Professora Associada com Agregação na Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras e diretora do Programa de Doutoramento em Linguística nesta instituição. Tem um mestrado em Fonética e Fonologia do Português (1990), focado na estrutura temporal da fala, um doutoramento em Letras (1997), focado na aquisição da estrutura silábica por crianças portuguesas; a Agregação é em Linguística Portuguesa (2013). É (co)autora de vários artigos e capítulos de livros em editoras nacionais e internacionais. Organizou livros de divulgação científica nas áreas da aquisição e desenvolvimento linguísticos a da fonologia. Em colaboração com colegas de diferentes universidades e com antigos estudantes de mestrado e de doutoramento, desenvolve investigação nos seguintes tópicos: (i) a natureza das representações fonológicas na infância; (ii) o papel dos constituintes fonológicos na descrição do desenvolvimento típico e atípico, contribuindo para a Linguística Clínica; (iii) relações entre conhecimento fonológico e competências metalinguísticas, estabelecendo pontes com a Linguística Educacional. Tem sido responsável e/ou membro de vários projetos de investigação.  Recentemente, tem colaborado em dois projetos internacionais: the PhonBank Project (Memorial University of Newfoundland, Canada; Carnegie Mellon, USA); the Crosslinguistic Child Phonology Project (University of British Columbia, Canada). A sua atividade letiva inclui unidades curriculares nas áreas da fonologia, da aquisição e desenvolvimento linguísticos e da compreensão e produção de fala. Tem (co)orientado vários projetos de mestrado, doutoramento e pós-doutoramento. As suas áreas de interesse incluem fonologia, aquisição e desenvolvimento linguísticos, linguística clínica e linguística educacional.

-> E-mail

Mariana Silva

Natural de Braga e licenciada em Línguas Aplicadas pela Universidade do Minho, onde adquiriu o gosto pela linguística, tendo sido essa a motivação para a inscrição no Mestrado em Linguística da FLUP, que frequenta atualmente e ao abrigo do qual realizou uma dissertação sobre as propriedades sintáticas de um subtipo de orações relativas do português europeu, sob a orientação da Professora Ana Maria Brito. A sua principal área de interesse é a sintaxe, tendo também interesse em explorar as áreas da linguística forense e computacional. Colabora com a Revista Eletrónica de Estudantes de Linguística elingup, como membro da equipa responsável pela realização de entrevistas. A par do interesse pela linguística, pratica a modalidade de xadrez ao nível federado, tendo representado a Universidade do Porto enquanto atleta da modalidade e conquistado uma medalha de ouro coletiva na época 2019/2020.

-> E-mail

Marta Afonso

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas – Estudos Portugueses, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em 2005, concluiu em 2006 uma Pós-Graduação em Literaturas Românicas. Em 2010, obteve o Diploma de Estudos Avançados em Linguística, na Universidade de Santiago de Compostela, e em 2023 doutorou-se na mesma Universidade, com uma tese intitulada “Documentos Portugueses: (1270-1285): edição, estudo linguístico e glossário”. Desenvolve a sua investigação nas áreas de História da Língua Portuguesa, Filologia, Variação e Linguística de Corpus. 

Foi leitora do Instituto Camões nas Universidades de Provence e Nice, e lecionou como Assistente Convidada na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Atualmente, tem trabalhado como consultora em projetos de Inteligência Artificial e como professora de Português Língua Estrangeira.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Mirta dos Santos y Fernández

Mirta Santos Fernández é doutorada em Filologia (Estudos Linguísticos e Literários, Teoria e Aplicações) pela Faculdade de Filologia da UNED, tendo defendido a tese de doutoramento em 2017. É detentora de dois mestrados, frequentados também na UNED: o Máster Universitario en Formación del Profesorado de Educación Secundaria Obligatoria, Bachillerato, Formación Profesional y Enseñanza de Idiomas e o Máster Universitario en Análisis Gramatical y Estilístico del Español. Possui ainda um Diploma de Estudos Avançados (DEA) em Filologia Espanhola. Em 2010 obteve o reconhecimento por equivalência do DEA ao grau de Mestre pela FLUP, para fins profissionais. 

Trabalha desde 2011 na FLUP como docente da Área de Estudos Espanhóis e Hispano-Americanos do DEPER. Entre 2007 e 2010 exerceu funções como professora assistente no Instituto Politécnico de Bragança.

No âmbito da investigação, integra o grupo de «Representações locais e globais» do CITCEM, como investigadora integrada, e o CLUP, como colaboradora. Os seus principais interesses de investigação na área da linguística são o ensino e aprendizagem do Espanhol como Língua Estrangeira, a morfologia, a sintaxe e a lexicografia aplicada, especialmente os estudos de disponibilidade lexical.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Monica Barros Lorenzo

-> E-mail
-> CienciaVitae

Neusa Bastos

-> E-mail

Paula Filipa Silva

-> E-mail
-> CienciaVitae

Rolf Kemmler

Nascido em Reutlingen (Alemanha) em 23 setembro de 1967, Rolf Kemmler atualmente é Professor Auxiliar da Universidade de Trás-os-Montes (UTAD) e Alto Douro e Secretário do Centro de Estudos em Letras (CEL) da UTAD. É agregado em Ciências da Linguagem pela UTAD desde 9 de abril de 2014 e possui dos graus de doutor. Desde 6 de julho de 2005 é Doktor der Philosophie (Dr. phil.) pela área das Ciências da Linguagem e da Literatura Universidade de Bremen (Alemanha). Recentemente, em 9 de novembro de 2018, defendeu com máximo sucesso na Universidade de Vigo (Galiza) a sua tese de doutoramento dedicada aos inícios da aprendizagem e do ensino do alemão em Portugal. A sua formação académica básica na Eberhard-Karls-Universität Tübingen (Alemanha) terminou com o grau de Magister Artium (M.A.) em Filologia Românica em 1997.

-> E-mail
-> CienciaVitae

Ronaldo Batista

Pós-Doutor pela Universidade Católica de Leuven (Bélgica – 2016) e pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Portugal – 2023). Doutor em Linguística pela Universidade de São Paulo (2007, Brasil). Professor do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Mackenzie (São Paulo, Brasil), onde atua como professor, pesquisador e orientador de trabalho na área da história do conhecimento sobre a linguagem. Pesquisador visitante da Universidade Católica de Leuven (Bélgica – 2016). Pesquisador visitante do Centro de Estudos em Letras da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Portugal – 2023). Pesquisador-Associado do Laboratório de Historiografia da Linguística da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, Brasil). Membro Pesquisador-Convidado do Centro de Estudos em Letras da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Vila Real, Portugal). Membro-Colaborador do Centro de Linguística da Universidade do Porto (Porto, Portugal). Autor de cinco livros. Organizador de mais de dez livros. Autor de artigos especializados, capítulos e livros na área da Historiografia Linguística.

-> E-mail
-> CienciaVitae